cotidiano
Cotidiano
17 de junho de 2017
projetos_design
Projetos em Design
12 de maio de 2017

Identidades

identidades

Identidades | 2000


É através de sobreposições de diferentes configurações faciais que Leandro Selister constrói sua obra Identidades, 2000. Partindo de uma fotografia de seu autorretrato, o artista utiliza a manipulação da imagem através do computador, imprimindo transformações na sua identidade ao inserir por exemplo, diferentes cabelos e bigodes para gerar diferentes aparências físicas até chegar a uma total impessoalidade. Há, portanto, na arte contemporânea, uma crise do sujeito individual. Este procedimento de descaracterização de identidades, também foi estendido ao público : durante a primeira exposição do trabalho, as identidades dos espectadores podiam ser incorporadas à obra, isto é, sobrepostas à imagem matriz do auto-retrato do artista realizando, assim, uma operação de fusão da aparência física do contemplador que doasse um retrato 3x4 com a do autor da obra. Com essa operação, o artista tende a diluir o traço de caráter pessoal, tanto dele próprio como do retratado. As imagens são impressas em adesivos e compartimentadas em caixas de cds. O trabalho discute o mundo contemporâneo da montagem e da edição de imagens.

Texto de Niura Legramante Ribeiro
Catálogo da exposição
"Presenças Contemporâneas nas Pinacotecas Municipais".
Sala Berta-Locatelli, MARGS, RS

O projeto Identidades foi o vencedor do II Salão de Arte Cidade de Porto Alegre. Recebeu o Prêmio Aquisição, e, faz parte do Acervo da Pinacoteca Aldo Locatelli de Porto Alegre. O trabalho é composto por 110 caixas de CD com fotografias e impressão digital em adesivo transparente.